Descobertas de pais de primeira viagem: arrotos e gases

Ao sair da maternidade, a pediatra neonatal sugeriu a compra de uma pomada para assaduras e o Salsep, um descongestionante nasal.

Imagem

No início o Rafael não tinha nariz entupido, então utilizávamos bem pouco o produto.

Semanas depois, o bebê começou a regurgitar muito à noite, praticamente em todas as mamadas e quase não arrotava mais. Ficamos super preocupados achando que ele poderia estar com algum problema, o temido refluxo.

Em visita de rotina ao pediatra, o Dr. Luiz, ele olhou o Rafinha em silêncio e com calma disse ‘o bebê está com dois problemas’. Juro que gelei na hora e fiquei esperando o pior, mas ele disse:

– É só o nariz entupido que impede ele de mamar corretamente e faz com que tente respirar pela boca, causando a regurgitação e os gases. Passe Salsep ou Sorine toda vez antes de cada mamada.

Ufa, era só isso!

Depois ele nos ensinou a fazer uma massagem mágica na barriguinha do Rafa segurando suas perninhas flexionadas. No consultório ele evacuou e soltou tantos gases que cheguei a ficar sem graça!

Temos até um vídeo em casa utilizando a técnica e ela funcionando. Filmamos porque até a cara dele fazendo força é linda!

Nosso querido pediatra escreveu um artigo sobre o tema, no estilo dele, com simplicidade explicando que os arrotos e gases nos pequenos não são um bicho de sete cabeças.

 

– Meu marido sugeriu escrever sobre este tema aqui no blog, se você tiver alguma indicação ou história para contar que possa ajudar outros pais de primeira viagem, fique à vontade para sugerir!

Anúncios